Compartilhar
Últimas guias

Terminou neste domingo, 19 de junho, a segunda edição da PUBG Nations Cup 2022, campeonato de seleções que reúne 16 países. Para alegria de quem fez apostas em PUBG na seleção brasileira, a nossa equipe terminou a competição na 3.ª colocação. O resultado é histórico, já que, na primeira edição do campeonato mundial, o Brasil ficou apenas na 13.ª posição.

O torneio, que começou na quinta-feira, foi disputado presencialmente na cidade de Bangkok, na Tailândia. Com a posição, os meninos do Brasil receberam o prêmio de US$50 mil. Os jogadores que representaram o Brasil foram: Pedro “sparkingg” Ribeiro (YAHO), Erick “Haven” Aguiar (22 Esports), Hailton “vhz” Junior (A Creche), Lucas “lfp1” Prado (A Creche) e Guilherme “rbNN1” Carvalho (A Creche).

Seleção Brasileira de PUBG, 3.ª colocada no PNC 2022.

Desempenho

A posição conquista pelo nosso país na PUBG Nations Cup 2022 veio acompanhada de um excelente desempenho do time. A sexta-feira foi o melhor dia da equipe, finalizado a rodada em primeiro lugar. Infelizmente, o sábado foi o pior dia, com muitas quedas contra e chegando a perder posições para outras seleções.

No domingo, último dia do torneio, o Brasil se recuperou um pouco, ficando ainda longe do excelente desempenho de sexta-feira. Mesmo assim, a equipe conseguiu cravar a 3.ª posição, ficando empatada em pontos totais com Vietnã, 2.ª colocado, mas perdendo no Place Points, critério de desempate.

Ainda que, nos dois últimos dias de competição, o desempenho do Brasil foi abaixo do esperado, os jogadores brasileiros deixaram uma excelente impressão no mundo do PUBG. O Brasil ficou a frente de grandes equipes como Coreia do Sul, China, Estados Unidos, Japão e Alemanha.

Classificação final

A seleção do Reino Unido foi a grande campeão PUBG Nations Cupa 2022 e levou o prêmio máximo de US$100 mil. O segundo lugar do pódio ficou para o Vietnã, que recebeu a premiação de US$58 mil.  Assim ficou a classificação geral do torneio:

Leia também: os melhores sites de apostas em esports no Brasil.