Compartilhar
Últimas guias

O Brasil cravou seu nome na história de mais um FPS, agora, do VALORANT. A equipe da LOUD foi a grande sensação no primeiro semestre em solo brasileiro, vencendo tudo o que era possível, garantindo vaga no campeonato mais importante do mundo da modalidade.

Chegando em uma inédita final, a equipe venceu a OpTic Gaming por 3 a 1, garantindo o título e faturando US$ 300 mil em premiação. Essa e muitas outras notícias VALORANT você encontra aqui na Esports.net!

Divulgação/VCT

3 a 1 na série e título inédito!

A grande final foi um espetáculo, tanto para os jogadores quanto os espectadores, que estavam prestes a presenciar uma melhor de cinco entre as duas melhores equipes da atualidade do VALORANT. O primeiro mapa foi digno de uma final, Ascent, escolha da LOUD, que começou do lado atacante vencendo o pistol round, porém, a OpTic consegue virar a partida e ficar numa situação boa ao fim da primeira metade, vencendo por 7×5. A segunda metade começou com vitória da OpTic, mas os brasileiros conseguiram repetir o mesmo resultado e levar a partida para a prorrogação. No tempo extra, vitória da LOUD por 15×13 e 1 a 0 na série.

A OpTic Gaming conseguiu dar o troco no segundo mapa. Bind começou de uma forma complicada para os brasileiros, que perderam o pistol round e viram os adversários construírem uma vantagem boa. Com um bom domínio de mapa, a OpTic fez o lado atacante valer a pena, fechando em 10×2. Na segunda metade, a LOUD consegue vencer o pistol round e esboçar uma reação, vencendo outros três rounds em sequência, porém, a OpTic teve calma para finalizar a partida em 13×6 sem sustos, empatando a série em 1 a 1.

Breeze foi o terceiro mapa da série, escolha da LOUD. Começando do lado defensivo, a OpTic conseguiu vencer o pistol round e emplacar uma boa sequência de 6×1 no placar, mas graças a uma ótima recuperação na parte final da primeira metade, a LOUD deixa a partida empatada em 6×6. Na segunda metade após muitas trocas de rounds as equipes empataram novamente pelo mesmo placar, indo para o tempo extra. Na prorrogação, a LOUD vence por 16×14 e volta liderar a série!

A história foi feita em Haven, onde a LOUD começou muito bem do lado defensivo, convertendo rounds importantes e não deixando brechas para a OpTic Gaming. Ao final da primeira metade, 7×5 no placar. Na segunda metade, Felipe “Less” de Loyola foi um dos principais nomes do mapa, fazendo com que a LOUD vencesse o pistol round e emplacasse outros cinco rounds para fechar o mapa em 13×5 e a grande final em 3 a 1, faturando o título do VALORANT Champions 2022!

Premiação e classificação final!

O VALORANT Champions é o maior campeonato da modalidade, sendo considerado o “Mundial de VALORANT”. Isso faz com que a premiação seja muito atrativa, com US$ 1 milhão sendo distribuído entre as 16 equipes da competição. A classificação final ficou assim: