Compartilhar
Últimas guias

O primeiro dia de jogos do IEM Cologne 2022 Play-In de CS:GO tiveram grandes e emocionantes partidas, com equipes qualificadas de todas as regiões competitivas do mundo. Tivemos os brasileiros da paiN Gaming, 00NATION, Imperial e MIBR.

A Esports.net está preparando notícias CS:GO todos os dias durante o evento, e claro, com muita informação para os fãs de Counter-Strike. Confira como foram os jogos dos brasileiros desse primeiro dia!

coldzera-00-nation
Divulgação/ESL

00NATION foi a única equipe que venceu na estreia!

Vamos começar falando da única vitória das equipes brasileiras na rodada inicial da competição, da 00NATION. Podendo-se considerar que foi uma grande estreia da equipe liderada pelo Marcelo “coldzera” David, com vitória maiúscula pra cima da Astralis. O mapa escolhido para o confronto foi Mirage, e começando do lado CT, os brasileiros tiveram um bom controle de mapa, conseguindo terminar a primeira metade em vantagem por 10×5. Na segunda metade, com a vitória no pistol round, ficou mais fácil para fechar a partida em 16×6 e ficar 1-0 na IEM Cologne.

A paiN Gaming foi outra equipe brasileira que fez bonito, porém, não conseguiu sair com a vitória. No contexto geral, a equipe fez uma grande partida contra a MOUZ, no mapa Nuke. Ao final da primeira metade, conseguiram ficar em vantagem por 10×5 mesmo do lado TR. A MOUZ devolveu na mesma moeda, conseguindo o mesmo placar na segunda etapa, levando a partida para a prrorogação. No tempo extra, infelizmente os brasileiros sairam derrotados por 19×16.

O MIBR teve uma partida muito difícil contra a ótima equipe da Movistar Riders. O mapa disputado foi Ancient, e começando do lado CT, o MIBR conseguiu ficar com uma boa vantagem ao término da primeira etapa, 11×4. Na segunda metade, o pistol round foi para os adversário, que conseguiram emplacar ainda mais 7 rounds em sequência, complicando a vida dos brasileiros, que não conseguiram evitar a derrota por 16×13.

Por fim, a Imperial foi a equipe brasileira que nessa primeira rodada não conseguiu ter um bom desempenho. Na Inferno contra a Outsiders, mesmo vencendo o pistol round de início da partida, não teve sucesso do lado TR, vendo os adversários abrirem 10×5 na vantagem.

Perdendo o pistol round da segunda metade, a equipe comandada por Gabriel “FalleN” Toledo viu a vantagem só aumentar, e não foi possível evitar a derrota por 16×6.

paiN é eliminada e 00NATION sobrevive!

Com o começo das partidas melhores de três já no primeiro dia, a paiN enfrentou a ótima equipe da Sprout em uma melhor de três muito difícil. Ancient foi o mapa escolhido pela Sprout, que conseguiu somar bons rounds de TR, mesmo ficando na desvantagem mínima por 8×7 ao final da primeira metade, conseguiu somar rounds importantes na segunda metade. Os brasileiros não conseguiram vencer o pistol round e os primeiros armados, isso fez com que a Sprout conseguisse crescer sua economia e deixar a partida delicada para a paiN, que não conseguiu evitar a derrota por 16×10.

Em seu mapa de escolha, a paiN Gaming começou a partida perdendo o pistol round, e os 4 primeiros rounds, depois disso, conseguiu 7 rounds importantes, ficando na vantagem de 9×6 ao final da primeira metade. Novamente a história se repetiu na segunda metade, perdendo o pistol round e os 4 rounds iniciais, mas com muita calma e um show de Gabriel “nython” Lino, a equipe buscou o 16×12 e empatou a série em 1 a 1.

Por fim, a Vertigo foi um mapa complicado para os brasileiros, que novamente perdeu os dois pistols rounds da partida. Viu a Sprout ficar em vantagem mínima de 8×7 ao final da primeira metade. Na segunda metade da partida, os 6 rounds em sequência dos adversários custou caro, e o 16×10 foi anotado pela Sprout, finalizando a série em 2 a 1 e eliminando os brasileiros da competição.

A 00NATION enfrentou a Spirit também em uma melhor de três. No mapa Vertigo, escolha dos adversários, não conseguiram parar o forte lado TR da equipe, que venceu por 11×4 na primeira metade. A segunda metade começou com o pistol round vencido pela 00NATION, mas que não foi o suficiente para evitar a derrota por 16×5.

Na Dust2, muita emoção. A primeira metade finalizou 8×7 para a Spirit, com uma boa atuação de TR. Mas o TR da equipe brasileira estava muito forte, vencendo o pistol round da segunda metade e conseguindo converter rounds importantes, fechando o mapa em 16×14 e empatando a série.

Tudo foi decidido na Ancient, que após vencer a primeira metade por 10×5, os brasileiros não conseguiram furar o fortíssimo lado CT da Spirit, vendo eles emplacarem 9 pontos consecutivos. Por fim, 16×13 no placar para a Spirit e a equipe brasileira vai disputar o tudo ou nada contra Imperial ou ORDER!