Compartilhar
Últimas guias

Uma importante competição com foco nas equipes sul-americanas chegou com o qualificatório para as equipes brasileiras. A Flow FiReLEAGUE 2022 reunirá as melhores equipes de CS:GO do nosso continente. As primeiras partidas já aconteceram, e tivemos a estreia da equipe recém montada da organização Fluxo, uma das maiores do Brasil. As melhores notícias CS:GO podem ser conferidas aqui no Esports.net. Confira como foram os jogos de estreia da competição.

Divulgação/Fluxo

Estreia do FLUXO e vitória da B4

Comandada por Adriano “WOOD7” Cerato o Fluxo estreou oficialmente no cenário competitivo de Counter-Strike, em uma melhor de três contra o bom time da ARCTIC. Em seu mapa de escolha, Nuke, a equipe conseguiu somar bons pontos de TR, finalizando a primeira metade na desvantagem mínima, por 7×8. Na segunda metade, a ARCTIC venceu o pistol round e abriu 5×1 na vantagem, porém, o Fluxo conseguiu voltar para a partida e virar o placar, fechando o mapa em 16×14 e abrindo 1 a 0 na série.

O segundo mapa foi escolha da ARCTIC, Dust2. Mesmo escolhendo o lado para começar a primeira metade, o Fluxo terminou na vantagem mas mínima, vencendo por 8×7. Mas uma vez, perdendo o pistol round da segunda metade, a equipe conseguiu se recuperar e emplacar alguns rounds em sequência, chegando a vitória por 16×11, fechando a série em 2 a 0.

B4 e Stars Horizon se enfrentaram, começando pelo mapa Dust2, escolha da B4. Começando do lado TR, a BR conseguiu a vantagem ao final da primeira metade, por 9×6. Com muito equilíbrio na segunda parte, a equipe foi somando rounds importantes e fechou o mapa em 16×13. Nuke foi a escolha da Stars Horizon, que viu a B4 abrir 11×4 de CT na primeira metade. Na segunda metade, a Stars Horizon até tentou uma reação mas não foi o suficiente, vitória da B4 por 16×11 e 2 a 0 na série.

Por 2 a 0, Meta e ODDIK também vencem!

A Meta BR enfretou a Paquetá na Dust2, escolha da Paquetá, que viu a Meta vencer a primeira metade pelo placar de 9×6. Na segunda metade, houve um equilibrio nos rounds importantes, com a Paquetá tentando voltar a partida, mas não foi o suficiente para evitar a vitória da Meta por 16×14. Na Ancient, a Meta fez valer sua escolha, vencendo por 10×5 do lado TR na primeira metade. Após o intervalo, a Paquetá conseguiu 6 rounds em sequência mas não foi o suficiente, vitória da Meta por 16×12 e classificando para a próxima fase com 2 a 0.

Por fim, a ODDIK começou muito bem no mapa Inferno, escolha da The Union, vencendo por 10×5 a primeira metade. Na segunda metade do lado TR, a ODDIK venceu o pistol round e mais cinco rounds em sequência, fechando a partida em 16×5. Na Ancient, a The Union começou com tudo, vencendo a primeira metade por 10×5. Mas a ODDIK não deixou assim, vencendo o pistol round da segunda metade, a equipe fez 11×1, virando a partida e vencendo a partida por 16×11, fechando a série em 2 a 0 e garantindo a classificação.

Agora, valendo vagas para para o FiReLEAGUE Latin Power Fall 2022 – BLAST Premier Qualifier, a equipe do Fluxo enfrenta a BR e a Meta BR enfrenta a ODDIK. As duas equipes que passarem desse confronto garantem a vaga para o próximo evento. A terceira vaga será decidida entre as duas equipes perdedoras do confronto. Lembrando que as apostas CS:GO estão com ótimas odds para esses confrontos!