Compartilhar
Últimas guias

Hoje, dia 23 de maio, a ESL Counter-Strike, organizadora dos eventos de CS:GO, publicou em sua conta no Twitter uma ilustração de um cenário típico do Rio de Janeiro com a música “A Semente”, do sambista Bezerra da Silva. O texto dizia “cs_rio”, e ainda levava bandeirinhas do Brasil.

Claro que a postagem alarmou toda a comunidade brasileira fã de esports e criou uma grande expectativa de o próximo evento ser sediado em terras cariocas. Vale lembrar que o Rio de Janeiro seria palco do Major 2020. Após diversos adiamentos por conta da pandemia de Covid-19, o evento foi definitivamente cancelado, mesmo com ingressos já vendidos.

Na ocasião, a ESL divulgou uma nota para todos os fãs que já haviam adquirido seus ingressos, dizendo que eles permanecerão válidos para quando o próximo torneio chegar. A previsão é que o próximo mundial de CS:GO aconteça entre os dias 31 de outubro e 13 de novembro deste ano.

A repercussão do tweet da ESL

Após a publicação em seu canal oficial no Twitter, a ESL Counter-Strike recebeu respostas de nomes como o streamer Gaules e das contas oficiais da Imperial, do Team One e do MIRB. Durante o evento recém findado que aconteceu na Antuérpia, Richard “shox” Papillon, do Team Liquid, afirmou que gostaria que o próximo evento fosse sediado no Brasil. O jogador ainda disse que a comunidade brasileira é gigante e insana, e que a experiência seria incrível.

O jogador brasileiro da equipe FURIA, Andrei “arT” Piovezan, na mesma ocasião também afirmou que gostaria que o evento acontecesse no Brasil: “Em qualquer lugar do Brasil, não importa. Eu só quero que seja no Brasil.” Karrigan, capitão do FaZe que recebeu o título de campeão mundial no último domingo, dia 22, também escreveu “Next Major in Brazil?”, seguido por um emoji apaixonado e várias bandeiras do nosso país.

O encantamento dos jogadores de esports pelo Brasil não é de hoje. Em 2016, ninguém menos que S1mple, o melhor jogador de Counter Strike do mundo, fez um vídeo tentando cantar a canção “Ai se eu te pego”, de Michel Teló. E a cena inusitada se repetiu na arena Antwerps Sportpaleis, onde aconteceu o último Major 2022, após a vitória da NAVI na semifinal.

O Major da Antuérpia

A última edição do PGL Major, que terminou no dia 22 de maio, aconteceu na Antuérpia, Bélgica. Os europeus da equipe FaZe Clan venceram a NAVI por 2×0 e ganharam o primeiro Major de sua história, além de um prêmio de US$ 500 mil. A FaZe Clan, então liderada por Finn “Karrigan” Andersen, fizeram 19×17 no mapa Inferno, e 16×10 no Nuke.

Este foi o primeiro torneio presencial após a pandemia, e o Brasil esteve representado pelas equipes MIRB, eliminada na fase Challengers, Imperial, eliminada na fase Legends, e FURIA, que caiu na etapa decisiva quando perdeu para o Team Spirit. Agora resta torcer e aguardar confirmações da ESL sobre o possível Major Rio 2022.

Leia também: melhores dicas para começar a apostar em CS:GO.