Compartilhar
Últimas guias

A segunda edição da ESL Impact League Finals de Counter-Strike: Global Offensive vai começar. Diretamente de Jönköping, na Suécia, oito equipes femininas de CS:GO Esports estarão reunidas disputando os US$ 123 mil de premiação e claro, seu nome no topo do ranking feminino do FPS da Valve. Nós da Esports.net separamos um guia completo com todas as informações da competição, formato, equipes, grupos e agenda completa, confira!

Divulgação/ESL

Formato, equipes e grupos

O formato da competição se assemelha muito com a Season 1. Serão 8 equipes, divididas em 2 grupos com 4 equipes em cada grupo, sendo assim, as partidas iniciais serão melhores de um. As equipes que vencerem os confrontos iniciais se enfrentam em mais uma partida melhor de um para decidir quem passará para a semifinal. As equipes que sofreram derrota na rodada inicial se enfrentam em uma melhor de três, sendo que a equipe que perder este confronto estará eliminada.

Nos playoffs é sem surpresas, as 4 melhores equipes se enfrentam na semifinal. A primeira colocada do Grupo A enfrenta a segunda colocada do Grupo B, e a primeira colocada do Grupo B enfrenta a segunda colocada do Grupo A. Na grande final se enfrentam as duas equipes vencedoras da semifinal. Os Grupos A e B da ESL Impact League Season 2 Finals de CS:GO ficaram da seguinte maneira:

Agenda e premiação

Uma das primeiras informações que a ESL divulgou sobre a competição foi a programação da mesma. Teremos grandes partidas no primeiro dia, fugindo de um confronto brasileiro logo de cara. A programação completa ficou da seguinte maneira:

Por fim, a premiação da competição conforme já foi adiantado, será US$ 123 mil distribuído entre as 8 equipes.

O que esperar das equipes brasileiras?

Como da primeira edição, teremos a presença de duas equipes brasileiras, FURIA e B4. Na primeira edição da ESL Impact League, a FURIA foi derrotada na grande final para a Nigma Galaxy, ficando com o vice-campeonato. Naquela ocasião, a outra equipe brasileira era a Black Dragons. A FURIA chega na competição com mais esperanças de título do que a B4. A experiência das jogadoras da FURIA somam muito nesse quesito, mas não podemos deixar a B4 para trás.

Divulgação/ESL

A  FURIA será representada pelas jogadoras Olga “olga” Rodrigues, Gabriela “gabi” Maldonado, Izabella “izaa” Galle, Karina “kaah” Takahashi e Mariana “mari” Preste. Já a equipe da B4 vem com Lara “goddess” Baceiredo, Julia “julih” Gomes, Nataly “nani” do Nascimento Cavalcante,Nadjila “poppins” Sanchez Rodrigues e Giovanna “yungher” Yungh Mataveli. Esperamos que as duas equipes brasileiras possam classificar no Grupo B, será que podemos ter uma final brasileira? Esperamos!