Compartilhar
Últimas guias

O Fluxo venceu a equipe da Sharks e foi a grande campeã da CCT South America Series 3 de Counter-Strike: Global Offensive. A primeira fase da competição teve 16 equipes disputando as 8 vagas para os playoffs. B4 Academy, SWS, Corinthians Academy, Paqueta, Hype, ex-Daotsu, Los Grandes Academy, Boca Juniors, Liberty, Sharks, Rehl, FURIA Academy, MIBR Academy, FUSION, WINDINGO e INTZ foram as participantes.

A equipe do Fluxo juntamente com Isurus, ODDIK, The Union, 9z, ARCTIC, TropiCaos e Meta BR foram as convidadas, entrando na competição diretamente nos playoffs. A Esports.net tem as melhores notícias CS:GO, além de outras modalidades de esports.

Divulgação/ESL

O caminho até a final

A caminhada da Sharks até a grande final foi mais longa. A equipe precisou disputar a primeira fase, onde 16 equipes se enfrentaram em formato suíço. A única derrota foi contra a equipe do Boca Junior, por W.O, as outras três vitórias que garantiram a classificação foi contra a Paquetá por 2 a 1, Liberty e SWS, ambas por 2 a 0. Nos playoffs, a equipe derrotou a ARCTIC por 2 a 0, a 9z por W.O e nas semifinais o Boca Juniors, por 2 a 1.

Já a vida do Fluxo na competição foi mais tranquila. A equipe foi uma das oito convidadas que entraram direto nos playoffs. Com isso, logo na primeira série contra Paquetá, vitória por 2 a 0. A Isurus também entrou pelo caminho do Fluxo, 2 a 0. E por fim, a FUSION foi a adversária nas semifinais, onde venceram por 2 a 1, classificando para a grande final!

Grande final contra Sharks

Na grande final contra a Sharks, o primeiro mapa da disputa foi Dust2, escolha do Fluxo. A equipe do Fluxo começou melhor na partida, mesmo perdendo o pistol round, porém, do lado CT a equipe da Sharks conseguiu emplacar uma ótima sequência de 10 rounds e finalizou a primeira metade na vantagem de 11×4. Na segunda metade, tudo ficou mais difícil para o Fluxo após o pistol round ir pra conta da Sharks, que teve calma para fechar a partida em 16×11 e abrir 1 a 0 na série.

No segundo mapa, Vertigo, foi a vez do Fluxo responder da mesma moeda. Mesmo perdendo o pistol round, a equipe conseguiu vencer alguns rounds importantes e fechar a primeira metade em 11×4. Na segunda metade o pistol round foi pra conta do Fluxo, que não teve dificuldades para vencer a partida por 16×4 e empatar a grande final!

Com ótimas odds CS:GO, tudo foi decidido no mapa Mirage. A Sharks começou o mapa do lado CT, e mesmo vencendo o pistol round, viu a equipe do Fluxo ditando um bom ritmo nos rounds de TR, conseguindo fechar a primeira metade em 9×6. Lucas “Lucaozy” Neves foi o grande destaque da série, e teve uma ótima atuação neste terceiro mapa, liderando a equipe do lado CT para fechar a partida em 16×13 e fechar a grande final em 2 a 1, conquistando o título da CCT South America Series 3 de CS:GO!