Compartilhar
Últimas guias

Infelizmente neste segundo dia de BLAST Premier Fall Final 2022 de CS:GO a única equipe brasileira na disputa foi eliminada. No primeiro dia de jogos, a equipe perdeu para a Natus Vincere, e hoje na segunda rodada foi derrotada pela G2, que segue na competição. Separamos um guia completo desse segundo dia de disputa, confira!

Divulgação/Fluxo

Fluxo e OG estão eliminados!

O Fluxo começou a série no mapa Dust2, seu mapa de escolha. Logo de início os brasileiros foram surpreendidos pela intensa e impecável atuação da G2, que venceu 11 rounds na sequência abrindo 11×0 no placar. Ao final da primeira metade, a partida estava 13×2. A equipe até conseguiu vencer o pistol round, mas não foi possível reagir. Vitória da G2 por 16×4, abrindo 1 a 0 na série.

No mapa Mirage, escolha da G2, os brasileiros conseguiram ter uma boa primeira metade do lado CT, conseguindo ficar na vantagem de 9×6. Porém, quando os lados se inverteram a situação se complicou, a G2 conseguiu emplacar rounds importantes e virou a partida, finalizando em 16×14, 2 a 0 na série e eliminando os brasileiros do Fluxo. O grande destaque da série foi o russo Ilya “m0NESY” Osipov.

A outra equipe eliminada da competição foi a OG, que enfrentou a Ninjas in Pyjamas na melhor de três. O primeiro mapa foi Ancient, de sua escolha, e a equipe não conseguiu ter uma boa primeira metade do lado TR. A Ninjas in Pyjamas conseguiu construir uma boa vantagem de 10×5 ao final da primeira metade. Na segunda metade, a OG voltou pro jogo, e do lado CT conseguiu empatar a partida em 15×15. No tempo extra, vitória da Ninjas in Pyjamas por 22×19.

No mapa Vertigo, as equipes tiveram um bom começo de partida, marcado por muito equilíbrio, com vitória da OG ao término da primeira metade. Na segunda metade quando a NiP encaixou o lado CT, tiveram calma para encaixar uma sequência boa de rounds e fechar em 16×10, 2 a 0 na série e sobrevida na competição!

FaZe e Liquid vencem!

FaZe e Heroic fizeram um duelo muito disputado. No mapa Ancient, escolha da Heroic, a equipe dinamarquesa começou melhor do lado TR, mas logo viu a FaZe reagindo na partida e finalizando a primeira metade em 8×7. Na segunda metade, a FaZe venceu o pistol round mas a Heroic trouxe o jogo de volta com 14×11 na vantagem. Mas Helvijs “broky” Saukants estava inspirado, foi fundamental para a virada e vitória no mapa por 16×14. O segundo mapa Inferno foi tranquilo para a FaZe, que do lado TR conseguiu emplacar uma grande vantagem de 11×4. Na segunda metade, mesmo perdendo o pistol round, a equipe venceu por 16×5 sem sustos, fechando a série em 2 a 0 e avançando para as semifinais!

Por fim, Natus Vincere e Liquid se enfrentaram. O primeiro mapa foi Inferno, escolha da Liquid. A Natus Vincere teve um começo melhor, mas a Liquid conseguiu virar a primeira metade para fechar em 9×6. Na segunda metade, muito equilíbrio entre as equipes, mas a Liquid conseguiu segurar o lado terrorista da Navi para fechar em 16×14. O segundo mapa Dust2 foi muito bom para a Natus Vincere, que começou emplacando 12×3 ao término da primeira metade. Mas na segunda metade, a Liquid conseguiu reagir, porém, não conseguindo a vitória, 16×12 e série empatada. Por fim no mapa Mirage, a Liquid começou com tudo do lado TR, emplacando 11×4 ao intervalo. Nem a lenda Oleksandr “s1mple” Kostyliev conseguiu evitar a derrota na segunda metade por 16×7, 2 a 1 na série para a Liquid que também classifica para a próxima fase!