Compartilhar
Últimas guias

A Roobet Cup de Counter-Strike: Global Offensive está a todo vapor em solo europeu. Com a presença de FURIA e Imperial, duas equipes brasileiras, a competição chegou em uma fase importante, porém, sem a presença das equipes representantes do Brasil.

As apostas CS:GO estavam com ótimas odds e probabilidades para ambos os times nas partidas decisivas, a FURIA conseguiu ir mais longe que a Imperial, porém, não foi possível evitar a queda precoce da competição. Separamos um guia com as informações dessas partidas, confira!

furia roobet
Divulgação/PGL

Eliminação da Imperial e suspiro da FURIA

No sábado (25), as duas equipes entraram nos servidores para suas partidas, era tudo ou nada, vencer para continuar vivo ou perder e ser eliminado. A FURIA enfrentou a Outsiders, que após a saída de Mareks “YEKINDAR” Gaļinskis e Timur “buster” Tulepov, busca reencontrar a melhor forma possível, mas não foi nesse campeonato. Com um ótimo jogo coletivo, os brasileiros conseguiram uma ótima consistência no mapa de escolha dos adversários, Inferno, vencendo por 16×6 e abrindo 1 a 0 na série. Em seu mapa de escolha, Vertigo, a FURIA conseguiu ter um ótimo lado CT e carimbar a vitória por 16×10 e 2 a 0, sobrevivendo.

Já a Imperial, enfrentou a Eternal Fire. No mapa de escolha dos adversários, os brasileiros souberam aproveitar da situação de começar a partida do lado CT e abriram uma vantagem de 10×5 ao final da primeira metade. Do lado TR, conseguiram vencer o pistol round e emplacar alguns rounds importantes, fazendo com que a economia da equipe adversária não ficasse boa, mantendo a calma o 16° ponto veio, fechando o mapa Nuke por 16×7.

A maior tristeza para os fãs brasileiros sem dúvidas foi o segundo mapa, Mirage. Após uma primeira metade bem consistente da Imperial, ele conseguiram terminar em vantagem de 9×6, esmo jogando do lado TR.

Liderando a partida por 14×10, pareceu uma pane total nos jogadores brasileiros, a Eternal Fire aproveitou esse momento conturbado e conseguiu levar a partida para o Overtime. Após seis prorrogações, a equipe brasileira não conseguiu fechar a partida, perdendo por 25×23 e empatando a série.

Tudo foi decidido na Vertigo. A Imperial conseguiu finalizar a primeira metade na vantagem por 9×6, do lado CT. Porém, após um forte começo da equipe da Eternal Fire, os brasileiros não conseguiram emplacar sequências de rounds para quebrar a economia dos adversários, e isso custou caro. Viu os turcos chegarem ao match point e fecharem a partida em 16×13, 2 a 1 na série e eliminação para os brasileiros!

O fraco desempenho da FURIA contra a 9z

Após vencer a Outsiders no jogo eliminatório, a FURIA precisava vencer mais uma partida para avançar aos playoffs da competição, porém, teria vida dura contra os sul americanos da 9z, equipe que venceu a FURIA na estreia da Roobet Cup. Tudo começou em uma Overpass de escolha da 9z bem agitada.

A FURIA começando do lado CT conseguiu terminar a primeira etapa na vantagem de 9×6, e após vencer o pistol round da segunda etapa, emplacou ótimos rounds, quebrando a economia dos adversários. Ao final, vitória dos brasileiros por 16×11, abrindo 1 a o na série.

Em seu mapa de escolha, os brasileiros foram surpreendidos pelo ótimo lado CT da 9z em Ancient, conseguindo uma ótima vantagem de 12×3 ao fim da primeira metade. Com a derrota no pistol round da segunda metade, os brasileiros não conseguiram encaixar rounds para voltar a partida, deixando tudo para o terceiro mapa, após ter o resultado negativo de 16×4.

Mirage foi o terceiro mapa da série, tendo os brasileiros do lado TR na primeira metade, e conseguindo uma boa vantagem de 10×5. Porém, após vencer o pistol round da segunda metade, a 9z conseguiu emplacar mais seis rounds importantes em sequência, virando a partida.

Ao final, o equilíbrio foi bem grande, ficando em 10×5 também e empatando a partida, levando para o tempo extra. Na prorrogação, a FURIA não conseguiu desempenhar o ótimo lado TR novamente, parando em Martin “rox” Molina, perdendo por 19×17 e dando adeus à competição.

A equipe da FURIA volta aos servidores nos próximos dias, com a ESL Challenger Valência 2022, juntamente com outra equipe brasileira, o MIBR. Já a Imperial, tem todas as suas atenções voltadas ao Play-In o IEM Cologne 2022 de CS:GO Esports,  que tem início no dia 5 de julho!