Compartilhar
Últimas guias

Junho é o mês que se celebra a diversidade, se pautam importantes discussões sobre gênero e sexo e se visibilizam as lutas por direitos dos grupos LGBTQIAP+. Por ocasião deste tema, a Gamers Club, mais importante plataforma de esports do Brasil, anunciou nesta última sexta-feira, 3 de junho, abertura de inscrições para a temporada 2022 da Pride Cup, torneio criado para apoiar as pessoas da comunidade LGBTQIAP+ que jogam esports.

As inscrições estão abertas até o dia 28 de junho. Qualquer pessoa da comunidade LGBTQIAP+ pode participar preenchendo este formulário. A Gamer Club também anunciou que, nesta temporada, haverá disputas de Counter-Strike: Global Ofensive, Wild Rift e do jogo VALORANT. As partidas serão transmitidas ao vivo, de forma oficial, pelos canais da Gamers Club de cada jogo na plataforma Twitch.

Calendário oficial

Importância da Pride Cup

É notório, para qualquer um que acompanha minimamente os jogos virtuais, que o cenário é bastante hostil para as jogadoras, para os jogadores gays, para as jogadoras lésbicas, para xs jogadorxs ou qualquer outra pessoa que não se encaixa na formatação binária tradicional. Por essa razão, ações de visibilidade e incentivo, como faz a Gamers Club, são tão fundamentais.

“A Pride Cup me fez conhecer pessoas maravilhosas que tem muito em comum comigo, além de me fazer sentir confortável para não precisar me esconder como realmente sou. Posso dizer com tranquilidade que a Pride Cup mudou a minha vida, pois sou gamer desde adolescente e comecei a acreditar que sonhos poderiam se tornar realidade. E me sinto muito feliz de fazer parte da Gamers Club como funcionária, pois a experiência que tive no campeonato foi a mesma que eu tive quando cheguei na empresa e também me sinto confortável no ambiente de trabalho. A Gamers Club realmente se preocupa com a inclusão de minorias”, afirma Leona “LeLe” Souza, Frontend Software Engineer e Participante do Comitê de Diversidade da Gamers Club.

Esta será a terceira temporada da Pride Cup, que começou em 2020. Porém, este não é só um torneio, mas, também, um espaço de discussão. Além das disputas, o público da Pride Cup poderá participar de conversas e debates com influenciadores.

Leia também: como baixar VALORANT.