Publicidade
ad
Compartilhar
Últimos guias
Publicidade
ad

Estamos chegando ao final da BLAST Premier Fall Final 2022 de Counter-Strike: Global Offensive. Na quinta-feira (24) a equipe brasileira do Fluxo foi derrotada pela G2 e deu adeus à competição, com isso, tivemos duas grandes partidas nesta sexta-feira (25) para decidir os últimos dois semifinalistas. Nós da Esports.net separamos um guia completo de como foram as duas partidas, confira!

Divulgação/BLAST

Heroic vence a G2

A vice-campeã do IEM Major Rio 2022 jogou a série decisiva contra a equipa da G2, tendo o primeiro mapa Mirage, escolha da G2. A G2 até começou vencendo o pistol round, mas já no round forçado a Heroic conseguiu reverter com um belo after plant para começar uma série de rounds importantes no lado CT, finalizando a primeira metade em 12×3. Na segunda metade, a G2 novamente venceu o pistol round e alguns outros rounds no início, porém, a Heroic quando encaixou o primeiro round do lado TR conseguiu manter a calma para fechar a partida em 16×8 e abrir 1 a 0 na série.

O segundo mapa foi escolha da Heroic, Nuke, mas quem começou com tudo desta vez foi a G2. A equipe conseguiu novamente vencer o pistol round e somar vários rounds do lado CT, fechando a primeira metade em 10×5. Na segunda metade do lado TR, o pistol round foi para a conta da G2 novamente, ficando em uma situação muito confortável na partida, vencendo o mapa em 16×6 e empatando a série.

Tudo foi decidido no mapa Vertigo. Novamente a G2 venceu o pistol round de início da partida jogando do lado CT, mas a Heroic conseguiu emplacar alguns rounds importantes, mas ao final da primeira metade, a G2 reagiu e buscou a virada para vencer em 9×6. E totalizando 6 pistols rounds disputados e 6 vencidos pela G2, a equipe começou melhor na segunda metade, mas quando a Heroic encontrou o primeiro round CT, uma ótima sequência foi anotada, finalizando a partida em 16×12 com destaque para Rasmus “sjuush” Beck, 2 a 0 na série e classificação garantida.

Natus Vincere perde para a NiP

Na outra série melhor de três, a Ninjas in Pyjamas enfrentou a Natus Vincere. O primeiro mapa foi Inferno, escolha da NiP, que mesmo jogando do lado TR conseguiu uma boa vantagem ao término da primeira metade, 9×6 no placar. Na segunda metade do lado CT, a equipe não deu chances para a Navi, finalizando o mapa em 16×10 sem sustos! No mapa de escolha da Natus Vincere, Mirage, muita emoção. A equipe começou com tudo, emplacando 8×1 na primeira metade, porém, a NiP conseguiu se recuperar para fechar em 8×7. Na segunda metade, novamente muito equilíbrio no placar, finalizando em 15×15. No tempo extra, após duas prorrogações, a Natus Vincere venceu por 22×19 e empatou a série.

Com ótimas odds CS:GO, tudo foi decidido no mapa Overpass, onde mesmo começando do lado CT, a Natus Vincere não conseguiu encaixar seu jogo, viu a NiP fechar a primeira metade em 9×6. Na segunda metade, a Navi venceu o pistol round e alguns rounds iniciais, porém, a Ninjas in Pyjamas encontrou uma boa sequência de rounds para finalizar a partida em 16×10, 2 a 1 na série e classificação para as semifinais!