Compartilhar
Últimas guias

A MIBR anunciou, no último dia 10 de agosto, a contratação de HEN1. Agora, o jogador passa a fazer parte da equipe titular de CS:GO esports da organização. O jogador de 27 anos vem para substituir chelo, que deve ser anunciado em breve pela Imperial Esports.

Henrique “HEN1” Teles, novo integrante da line-up de CS:GO da MIBR.

Antes de se juntar a uma das tags mais vencedoras do esports nacional, Henrique “HEN1” Telles jogou pela GODSENT. Quando parte do time brasileiro de CS:GO da organização sueca foi comprado pela 00Nation, o jogador ficou sem equipe. Antes de juntar ao MIBR, HEN1 jogou pela GODSENT, 00Nation, FURIA Esports, Luminosity Gaming, 100 Thieves, Immortals, Tempo Storm, Games Academy, Dexterity Team e KaBuM! e-Sports.

HEN1 já foi vice-campeão de major, na PGL Major Krakow, com a Immortals e foi considerado o MVP da EPL Season 12 na região da América do Norte, com a FURIA Esports. Na sua última passagem por uma equipe profissional, antes do MIBR, HEN1 conseguiu atingir um rating de 1.13 com suas atuações pela GODSENT.

Com a adição de HEN1, o time de CS:GO da MIBR fica com a seguinte escalação:

A MIBR é a organização de esports nacional mais condecorada e reconhecida internacionalmente. É, também, uma das organizações de CS mais antigas do mundo. O primeiro time de CS da organização foi montado em 2003 e, de lá para cá, alguns dos maiores nomes do cenário nacional já defenderam a organização: cogu, gAuLes, ton, fnx, KIKOOO, eduzin, corassa, pava, pred, btt, nak e muitos outros.

Leia também: dicas de apostas em CS:GO para iniciantes.

Foi sob a tag da MIBR que um time brasileiro conseguiu vencer o primeiro torneio tier-S de CS. Em 2006, a equipe formada por bruno, fnx, nak, cogu e KIKOOO conquistou a ESWC. Depois da conquista, a organização faturou outros três troféus de torneio tier-S: DreamHack Winter 2007, GameGune 2008 e IEM III American Championship Finals.

Depois dessas conquistas, a organização brasileira fechou as portas em 2012. Passados seis anos, em 2018, a gigante brasileira voltou ao cenário. De lá para cá, nomes como FalleN, fer e coldzera foram alguns dos que defenderam as cores da MIBR no CS:GO.