Compartilhar
Últimas guias

As equipes brasileiras da paiN Gaming e Imperial fizeram bonito em terras australianas. Após alguns dias de disputa, tivemos a grande final da ESL Challenger Melbourne 2022 de CS:GO Esports disputada na madrugada de domingo entre as duas equipes brasileiras. Separamos um guia completo de como foi o andamento da competição e uma visão geral da grande final!

Divulgação/ESL

Caminhada até a grande final!

As duas equipes estavam no Grupo B da competição, juntamente com Grayhound e VERTEX. A Imperial estreou contra a VERTEX em uma Inferno bem disputada, e acabou saindo com a vitória por 16×13, já a paiN Gaming desbancou os donos da casa da Grayhound por 16×12 na Nuke. Com isso, tivemos um confronto brasileiro na decisão do Grupo B. Na ocasião, o mapa disputado foi Dust2, com a paiN Gaming começando muito forte do lado CT, emplacando 12×3 ao fim da primeira metade, mesmo perdendo o pistol round. Na segunda metade, a Imperial até tentou esboçar alguma reação, mas com calma a paiN fechou a partida em 16×5 e garantiu sua classificação para a semifinal.

Já a Imperial precisou de mais um esforço para se classificar, uma melhor de três contra a Grayhound. No mapa Inferno, escolha dos australianos, a primeira metade foi marcada por muito equilíbrio, porém, com vantagem mínima da Imperial, por 8×7. Na segunda metade do lado TR, a Imperial começou com tudo, vencendo o pistol round e controlando a partida, chegando ao 16×8. O segundo mapa foi Nuke, e com um lado TR muito forte, a Imperial terminou na vantagem de 8×7, deixando para a segunda metade com controle de mapa fechar a série em 16×12 e 2 a 0, garantindo sua classificação.

Nas semifinais, a Imperial enfrentou a Entropiq, e novamente, mostrou um bom desempenho, vencendo por 2 a 0, com 16×11 na Overpass e 16×6 na Dust2. Já a paiN Gaming enfrentou a Wings Up, vencendo por 16×8 na Inferno e 19×17 na Nuke.

A grande final!

As odds CS:GO estavam à todo vapor com a final brasileira. A disputa da melhor de três da grande final começou na Overpass, escolha da Imperial. Começando do lado CT, a paiN Gaming mostrou um grande desempenho, finalizando a primeira metade em 9×6. A Imperial na virada de lado começou com tudo, vencendo o pistol round e emplacando alguns rounds em sequência, virando a partida. Porém, com algumas trocas de rounds, a economia ficou comprometida, fazendo com que a paiN Gaming virasse novamente a partida, mas levando para a prorrogação. Ao final do tempo extra, vitória da paiN Gaming por 19×17.

Já no mapa de escolha da paiN Gaming, foi a Imperial que começou com tudo no lado CT da Nuke, vencendo por 9×6. Do lado TR, uma ótima sequência fez com que a vitória chegasse, com 16×7 e 1 a 1 na série. Tudo foi decidido na Inferno, onde a paiN Gaming do lado TR conseguiu abrir 9×0 no placar, mas viu a Imperial vencer os últimos 6 rounds e fechar em 9×6 a primeira metade. Após vencer o pistol round da segunda metade, a Imperial voltou a partida, sendo muito disputada até o final, onde o jogador Wesley “hardzao” Lopes fez a diferença e ajudou a equipe a vencer a partida por 16×12, ficando com o título da ESL Challenger Melbourne 2022 de CS:GO!

Com o término da competição, a premiação ficou assim: