Compartilhar
Últimas guias

Os dois primeiros dias de BLAST Premier Spring Final de CS:GO tiveram jogos emocionantes. Com grandes equipes na disputa, o nível apresentado por elas fez com que a equipe brasileira da paiN Gaming não conseguisse desempenhar da melhor forma possível.

premiere-pain
Divulgação/PREMIER

Nós da Esports.net deixamos os fãs e jogadores de Counter-Strike: Global Offensive bem informados a respeito dos melhores campeonatos do mundo, com as Notícias CS:GO fica mais fácil ficar por dentro de tudo. Confira como foram os dois primeiros dias da competição.

Estreia com derrota para a FaZe

Em sua estreia, os brasileiros da paiN Gaming enfrentavam nada mais nada menos que os atuais números 1 do mundo, a FaZe Clan. Ainda embalada do título do PGL Major Antwerp 2022, a equipe chegou como fortíssima favorita dentro da partida, e provou isso nos dois mapas disputados.

O primeiro mapa disputado foi Ancient, escolha da paiN Gaming. Começando do lado TR, os brasileiros tiveram um bom começo, com 3×2 no placar, porém, a FaZe acordou para a partida, vencendo rounds importantes em sequência e ficou na frente ao fim da primeira metade, por 9×6. Na segunda metade, a vitória ficou muito mais perto após vencer o pistol round. Com calma, o 16×7 foi inevitável, abriram 1 a 0 na série.

Já no segundo mapa, Inferno, a equipe brasileira escolheu começar do lado CT, considerado o mais forte no mapa. Mesmo vencendo o pistol round e o segundo round, a equipe não conseguiu parar o fortíssimo lado TR da equipe da FaZe, que ficou na vantagem de 11×4. Na segunda metade, o pistol round foi vencido novamente pelos brasileiros, mas que mesmo assim acabaram com a derrota por 16×6, com um show do jogador Helvijs “broky” Saukants.

Ao final do primeiro dia, os resultados ficaram assim:

Derrota para a Vitality e eliminação da competição

Com a derrota no primeiro dia, a paiN Gaming enfrentava a Vitality valendo a vida na competição. O primeiro mapa foi escolha dos brasileiros, Nuke. Começando do lado TR, não foi possível entrar no forte lado CT da equipe adversária, sendo que o primeiro ponto foi feito apenas na oitava rodada, terminando a primeira metade na desvantagem por 12×3. A segunda metade, o pistol round foi vencido pela Vitality, que encaminhou a vitória por 16×3.

Dust2 foi o segundo mapa da série, que desta vez, foi escolha da Vitality. Começando do lado CT, os brasileiros tiveram uma primeira metade muito equilibrada, vencendo pelo placar mínimo, 8×7. Porém, na segunda etapa, jogando de TR, Rodrigo “biguzera” Bittencourt foi o grande destaque, conseguindo reverter rounds importantes e levando a paiN para a vitória por 16×12.

Tudo foi decidido no mapa Overpass. A paiN teve um começo de jogo muito difícil, mesmo vencendo o pistol round e começando com 3×0, viu tudo desmoronar, deixando a vantagem para a Vitality, por 11×4. Na segunda etapa, a equipe brasileira não conseguiu vencer o pistol round, o que dificultou muito, viram a Vitality abrir ainda mais a vantagem e fechar a partida em 16×4, 2 a 1 na série e eliminação.

O segundo dia de competição teve os seguintes resultados.

Com o segundo dia de competição completo, conhecemos as 6 equipes que estão classificadas para os playoffs, que ficaram assim.