Compartilhar
Últimas guias

O mercado de esports deve movimentar, globalmente, cerca de US$ 1,3 bilhão neste ano de 2022. Estima-se que, até 2025, 640 milhões de pessoas assistam às competições oficiais de games. Estes dados foram levantados pela Newzoo, plataforma de análise de dados do cenário de jogos eletrônicos. O crescimento deste mercado já estava desenhado desde a década passada, e as grandes empresas não perderam tempo.

Milhões de dólares são investidos em patrocínio, publicidade, jogadores, eventos, etc. E como era de se esperar, as premiações são proporcionais às altas cifras injetadas pelos grandes investidores. Com isso, os jogadores profissionais (com idade entre 20 e 30 anos) têm se tornado jovens milionários. Veja quem são os 10 pro players que mais faturaram em esports nos últimos tempos:

Johan “NOtail” Sundstein – US$ 7,1 milhões

Johan “NOtail” Sundstein.

Com 28 anos, o dinamarquês jogador de DotA 2 esports já faturou nada menos que US$ 7,1 milhões em torneios oficiais, se tornando o pro player mais bem pago do cenário mundial de esports. NOtail já passou por equipes de alto nível, como a Fnatic, Cloud9 e a Team Secret.

Kyle “Bugha” Giersdorf – US$ 3 milhões

Kyle “Bugha” Giersdorf.

O norte-americano pro player do jogo Fortnite, tem apenas 19 anos e embolsou sua fortuna de US$ 3 milhões na modalidade solo do Fortnite World Cup Finals 2019, quando tinha apenas 16 anos de idade. Na ocasião, o jogador foi destaque da Forbes, uma das mais renomadas revistas de negócios e economia.

Peter “dupreeh” Rasmussen  – US$ 1,9 milhão

Peter “dupreeh” Rasmussen.

Líder da lista dos mais bem pagos no jogo Counter-Strke: Global Offensive, o dinamarquês dupreeh tem 29 anos e seu maior prêmio em dinheiro foi quando venceu o Intel Grand Slam Season 1, em dezembro de 2018, faturando US$ 1 milhão. Na época, o jogador era integrante da equipe Astralis.

Lee “Faker” Sang Hyeok – US$ 1,3 milhão

Lee “Faker” Sang Hyeok.

Considerado o melhor jogador de League of Legends esports da história, o sul-coreano Faker faturou US$ 1,3 milhão ao longo de seus 10 anos de carreira. Além do dinheiro, o jogador também acumulou muitos títulos e magníficas colocações nos principais torneios da RIOT, desenvolvedora do jogo.

Alexandre “Kaydop” Courant – US$ 513 mil

Alexandre “Kaydop” Courant.

O francês de 24 anos é o jogador que mais faturou no game Rocket League. Com apenas 7 anos de carreira, Kaydop coleciona diversos títulos, incluindo suas conquistas no RLCS, o principal circuito mundial de Rocket League.

Troy “Canadian” Jaroslawski – US$ 422 mil

Troy “Canadian” Jaroslawski.

O canadense de 26 anos é o jogador mais bem pago do Rainbow Six esports, game competitivo de tiro da desenvolvedora Ubisoft. Canadian já integrou equipes como Team Orbit, Evil Geniuses, Spacestation Gaming e DarkZero. Mas foi pela SSG que ele conquistou seu maior prêmio, os Six Invitational 2020. Na ocasião, a equipe foi premiada com US$ 1 milhão.

Myeong Hwan “smurf” Yoo – US$ 355 mil

Myeong Hwan “smurf” Yoo.

Smurf aparece na primeira posição do ranking de jogadores mais rentáveis do jogo Overwatch. Grande parte de sua fortuna veio através dos títulos conquistados com a equipe San Francisco Shock. Atualmente, o sul-coreano de 22 anos defende a Seoul Dynasty, e seu grande trunfo com o time foi a vitória do Overwatch League, em 2020.

Rhye “Zer0” Perry – US$ 290 mil

Rhye “Zer0” Perry, o do meio, com seus companheiros de equipe.

O australiano Zer0, de 22 anos, é considerado o jogador mais bem-sucedido do FPS Apex Legends, da desenvolvedora Eletronic Arts. Ele já defendeu equipes como DarkZero Esports e Reignite. Sua mais recente conquista foi o título de campeão do ALGS Championship, quando a equipe faturou US$ 166 mil.

Wattipong “D-Long” Ngarmrod – US$ 192 mil

Wattipong “D-Long” Ngarmrod

Os 15 melhores jogadores do battle royale Free Fire são tailandeses, e quem lidera a lista é D-Long. O jogador de 24 anos de idade compete em torneios oficiais desde 2019, e o que chama a atenção é que em apenas 3 anos de competições, ele já conquistou US$ 192 mil, sendo o mais bem pago do mobile de ação da Garena.

Austin “crashies” Roberts – US$ 123 mil

Austin “crashies” Roberts

O norte-americano crashies, de 25 anos, é jogador de Valorant esports e campeão do VCT com a equipe Op Tic Gaming. Apenas neste torneio o jogador embolsou US$ 40 mil, superando o montante conquistado em toda sua carreira no Counter-Strike, game que jogou profissionalmente entre os anos de 2017 e 2020.