Compartilhar
Últimas guias

Com uma série de incentivos chegando, a Riot Games divulgou que irá investir no cenário feminino de League of Legends no Brasil. A desenvolvedora está fechando grandes parcerias em áreas diferentes, porém, todas com um simples objetivo – “Permitir e incentivar que mais mulheres estejam inseridas dentro dos Esports, e principalmente em League of Legends Esports”.

Há pelo menos três projetos que darão início aos investimentos, a Inhouse Jinx, ReveLAH Casters e parceria com a empresa Gamers Club, ampliando a Goddess Cup. O apoio em iniciativas que já existem é uma peça fundamental para aumentar o impacto do cenário competitivo feminino.

Comunicado Oficial!

De acordo com o comunicado oficial da Riot Games, a própria desenvolvedora quer ter um diálogo com as jogadoras, isso pode-se aplicar nos torneios organizados pela Riot ou em projetos parceiros, como acontece em Valorant Esports, por exemplo.

Neste comunicado oficial, é citado “trabalhos de curto e longo prazo, fazendo com que os projetos já existentes sejam impulsionados, tendo apoio financeiro e estrutural, e claro, trazendo novidades para os fãs de League of Legends no Brasil”. Como citamos acima, o Valorant serviu de exemplo para a própria desenvolvedora, tendo como base o projeto Game Changers.

Carlos Antunes é o atual Head de Esports da Riot Games no Brasil, ele citou:

Conversamos com várias jogadoras para avaliar a melhor forma de iniciar um programa para o League of Legends, e entendemos que havia a necessidade inicial de recriar os espaços onde as jogadoras desenvolvem sua competitividade antes de entrarem em torneios, e a parceria com o Inhouse Jinx vai atender a esta oportunidade, e ainda nos permitirá reconhecer e recompensar as jogadoras mais competitivas e engajadas”.

Três grandes projetos e um sonho…

A desenvolvedora divulgou os detalhes sobre os três grandes projetos de incentivo para o cenário feminino de League of Legends no Brasil. Começando pelo ReveLAH Casters, tendo como objetivo aumentar o crescimento da comunidade feminina, ajudando a produzir novos talentos no mercado.

Com mais de 30 mulheres na área de análise, comentários e narrações, elas recebem mentoria e treinamentos para se desenvolverem profissionalmente. Essa parceria tem tudo para dar certo, fazendo com que uma gama mais ampla de treinamentos envolvendo conhecimento possam ser explorados.

Divulgação/Riot Games

O segundo projeto é o Inhouse Jix. Com uma espécie de temporada de 15 dias com premiação exclusiva, o projeto contempla as melhores jogadoras, premiando as 10 primeiras colocadas por pontuação. O projeto ReveLAH Casters narra essas partidas, impulsionando também este outro projeto.

Por fim, o primeiro campeonato será o Goddess Cup, acontecendo agora entre os dias 24 e 29 de maio, tendo uma premiação de R$ 10 mil. Qualquer jogadora poderá participar, independente de seu elo.

O último comunicado importante da Riot Games em relação aos investimentos veio novamente com Carlos Antunes – “Ainda teremos novos projetos a serem apresentados ao longo dos próximos meses, como torneios e experiências para as jogadoras. Nosso objetivo com estas primeiras ações é agir mais amplamente e mostrar às jogadoras novas formas de engajar com o League of Legends competitivo, e em breve traremos grandes surpresas”.

Será que teremos grandes campeonatos exclusivos para o público feminino de League of Legends no Brasil? Esperamos para ver. Enquanto isso, as Apostas LoL estão esperando vocês para as melhores odds e probabilidades na modalidade!