Compartilhar
Últimas guias

Já vimos muitas histórias de superação de atletas do mundo do futebol, basquete, MMA… E no mundo dos esports não é diferente. Agora você vai conhecer a história de Demétrios “depppx” Peixoto, 23 anos, jogador profissional de Valorant. Na última sexta-feira (26) ele fez sua primeira partida profissional pela equipe Team Brave Soldiers (TBS), e ficou espantado com o carinho do público.

Demétrios “depppx” Peixoto, jogador da line-up de Valorant da equipe TBS.

“O Valorant mudou minha vida em 100%. Antes do jogo existir, eu não sabia o que ia fazer da minha vida, tava meio perdido, então pode-se dizer que esse jogo me salvou” — afirmou o jogador. O jogo Valorant foi lançado em junho de 2020, pela desenvolvedora Riot Games.

Mesmo sendo um game relativamente novo, o jogo de tiro em primeira pessoa (FPS) possui uma comunidade muito grande em todo o mundo.

Em entrevista, depppx contou que sua vida ficou mais difícil após o divórcio dos pais. Como sua mãe teve que criar os filhos sozinha, e as despesas eram muitas, a família chegou a ser despejada do apartamento onde viviam. Em meio às dificuldades, seu irmão lhe arrumou um emprego em uma oficina de carros. Foi apenas a partir daí que ele conseguiu juntar dinheiro para comprar um computador.

O sonho de jogar profissionalmente no cenário dos esports nasceu muito antes do Valorant ser lançado. Quando o jovem conquistou o sonho de comprar um computador, pôde começar a se dedicar aos jogos, estudando, aprendendo e treinando as habilidades.

“Assim que o jogo lançou, eu tentei depositar todo o meu tempo livre nele, enxerguei como algo novo onde eu poderia me destacar algum dia. Então, no início do ano passado, eu comecei a montar meus primeiros times e ver no que dava”, contou depppx, que montou seu time com os amigos André “dek” Lemes e Gabriel “cortezia” Cortez.

Demétrios “depppx” conciliava sua rotina exaustiva na oficina com os treinos junto à dek e cortezia. Em meados de 2021, dek foi internado às pressas com Covid-19. A doença causou sérias complicações aos seus pulmões e, infelizmente, o jovem faleceu. “Foi um baque gigante que eu tive na minha vida, porque ele também, assim como eu, tinha uma baita história de superação”, disse depppx.

“Estou desde o ano passado trabalhando duro na oficina pintando carros para me sustentar e poder construir uma história pelo dek também”, concluiu o jovem jogador, que atuou presencialmente pela primeira vez na última etapa da Elite Cup, campeonato da Riot Games em parceria com a Gamers Club, que teve início na última quinta-feira, dia 25.

Leia também: melhores jogadores de Valorant do Brasil.

Quando perguntado sobre o carinho do público, dpppx respondeu: “Eu ainda não sei como lidar, porque é o primeiro evento que eu venho, o primeiro evento de games que eu participo. Aí eu pude ver o carinho da rapaziada, e já quero mais”.